CASA DECORADA

A cada fase da vida acontecem muitas mudanças. O corpo muda, as vontades mudam, e os gostos também. Então, nada mais justo que a decoração da nossa casa acompanhe essas transformações, não é mesmo? O mais interessante ao observar esse processo, é perceber que essas alterações acontecem mesmo que de maneira involuntária.

Mudamos os móveis, porque crescemos. Mudamos as cores, porque enjoamos. Mudamos o estilo da casa, porque não combina com mais com o estilo de vida que levamos. Tudo que muda, muda por um motivo. E a nossa casa passa por diversas transformações ao longo da nossa vida. Para visualizar esse processo, confira a linha do tempo decorativa.

DECORAÇÃO PARA TODA VIDA

QUARTO DE BEBÊ

O primeiro ambiente em que vivemos é o quarto do bebê. Nesse espaço a decoração sugere um clima de tranquilidade e aconchego. Os móveis devem ser práticos e seguros. Um berço, uma cômoda com trocador e uma cadeira para amamentar são suficientes para montar o cômodo. Os detalhes ficam por conta do capricho das mamães e as cores são sempre suaves e calmas. Mas é claro, que nessa fase não nos preocupamos com esse detalhe.

Decoração para toda vida

QUARTO DE CRIANÇA

O tempo passa, e o bebê já movimenta casa. É hora de mudar a decoração. Nessa época temos cores preferidas, super-heróis preferidos e personagens queridos. Mas os móveis e elementos decorativos não fazem parte das nossas preocupações. Esse é um trabalho para a super mãe, novamente. E elas sempre se preocupam em criar um clima agradável para os momentos de brincadeira e desenvolvimento.

Decoração para toda vida 2

QUARTO DE ADOLESCENTE

Fase de rebeldia, a adolescência é o primeiro momento de nossas vidas em que a nossa personalidade é expressa através da decoração. Toda a confusão de sentimentos e sensações são refletidas na composição do quarto. Aqui a escolha dos elementos e cores está diretamente ligada às necessidades da idade. A decoração costuma ser composta de pôsteres de bandas, almofadas e um pouquinho de bagunça.

Decoração para toda vida 3

MORANDO SOZINHO

A mudança do estágio criança para o adolescente é muito grande. E a decoração, juntamente com o estilo de roupas, acompanha as transformações bem de pertinho. Quando a gente passa a morar sozinho, a casa sofre alterações ainda maiores. A liberdade e a privacidade criam uma nova rotina, e a composição dos ambientes passa a ser um reflexo total da nossa personalidade. Nessa fase é onde podemos perceber como a decoração da casa muda de acordo com o nosso crescimento.

Decoração para toda vida 4

RECÉM-CASADOS

Depois da aventura de morar de sozinho, a próxima fase é cheia de emoções, novidades e mudanças. O amadurecimento faz com que os nossos desejos se modifiquem, e juntar as coisas com alguém parece ser uma boa ideia. E já que quem casa quer casa, lá vai mais uma mudança decorativa. Aqui a composição dos ambientes é pensada fazendo uma combinação entre as personalidades do casal. A praticidade e o planejamento entram em cena, e a decoração ganha ares mais sérios.

Decoração para toda vida 5

FAMÍLIA

E para quebrar a seriedade de um casal recém-formado, só mesmo a bagunça gostosa de uma família grande. Quando chegam as crianças, a decoração da casa muda mais uma vez. E se a preocupação antes era com a estética dos ambientes, agora é com a segurança e conforto dos integrantes da casa. Ao longo da vida os investimentos e as preferencias sobre grandes e pequenas alterações. E com a chegada das crianças, há uma chance desse ciclo decorativo começar todo outro vez.

Decoração para toda vida 6

A nossa casa é capaz de nos acompanhar em todos os momentos da nossa vida. Muda a decoração, muda os gostos, mas a vontade de imprimir personalidade pela composição não muda, não é mesmo?

Conta para mim nos comentário que você você tem vivido no momento e como você decora a sua casa!

Você gostou deste artigo? 😉
É bom e é de Graça!
Assine e receba GRATUITAMENTE as melhores dicas de decoração! De brinde você ainda ganha o Ebook: Os 10 erros mais comuns ao decorar a sua casa!